*** Sanctus...Sanctus...Sanctus ***

quinta-feira, 7 de junho de 2012

à mesa do Pai

Ao caminhar entre os vales das lágrimas recolhidas nos rostos tristes dos que caminham, sinto a alma refrescar a sede da ausência do AMOR do Pai.



Alma que abraço, o Pai tudo sonda e conheçe, resta-nos esperar e confiar, as nossas soluções podem que não sejam as Suas, coragem.

O teu lugar á mesa do Pai espera, não peças as migalhas se o direito de filiação ofertado pelo Pai já te faz uma Irmã de Jesus na totalidade.


Sempre os eternos mendigos, o Pai oferta a sua divindade no Filho e o que colhemos apenas da mesa da sua graça, o que nos chega para matar a fome, em vez de acolhermos o TODO.

Sede Santos como Eu, aí está a resposta e a oferta do Pai a SANTIDADE ao alcance de todos sem excepção.

A Santidade é a marca dos filhos reais do Pai.


1 comentário:

vp disse...

Precisamos de luz para que o caminho se faça claro... tantos desvios a apontar direcções várias e só uma o Pai nos pede e indica que escolhamos.. o AMOR... nos outros e pelos outros que nos chega sempre Dele...

Oremos... e que os nosso passos sejams empre imbuidos da sua vontade, ainda que ela nos pareça absurda...

Santo fim de semana a todos Nele que é o Senhor de todas as misericórdias...